NOTICIAS

Pagará indenização para internação, convalescência e partos. Aos empregadores, seguro para acidentes.



Roma, 23 de julho de 2010 – Mais proteção para colf, badanti e baby sitter. Encontra-se ativa, desde 1˚de julho,  a Cas.sa.colf, uma caixa integração para assistência de saúde. Cas.sa.colf assegura aos trabalhadores uma indenização diária em caso de internação, convalescência e parto, além do reembolso integral dos ticket de saúde para algumas prestações especializadas efetuadas junto ao Serviço de Saúde Nacional. Os empregadores, por sua vez, poderão contar com um seguro em caso de infortúnios de dependentes, incluindo aqueles “in itinere”, ou seja que ocorrem no trajeto entre a casa e o local de trabalho.

 

“A inscrição é automática. Cas.sa.colf é alimentada pelas contribuições já depositadas trimestralmente como previsto pelo contrato coletivo nacional do trabalho doméstico. Os recursos aumentarão as proteções para trabalhadoras e famílias”, explica Rosetta Raso, Secretária Nacional do Sindicato FISASCAT CISL.

 

Na caixa integração para assistência à saúde entrarão 0,03 euros para cada hora de trabalho. Pode parecer pouco, mas bastarão para pagar, por exemplo, uma indenização de 20 euros ao dia para cada dia de internação, acrescentada aos custos da doença paga pelo empregador, enquanto as famílias serão cobertas em até 50 mil euros para os infortúnios dos trabalhadores.

 

“Indenização e reembolso – acrescenta Raso – poderão ser pedidos preenchendo os formulários, também com ajuda das entidades patronais. Cas.sa.colf é uma meta importante, pois as colf e as badanti são basicamente mulheres imigradas, portanto, pessoas geralmente mais frágeis. Mas, também as famílias, que sustentam sozinhas todas as despesas de assistência para os seus membros, são vulneráveis”.

 

Baixe o regulamento de Cas.sa.colf no endereço:

http://www.stranieriinitalia.it/news/regolamento22lug2010.pdf

 

Baixe o fax dos formulários para os pedidos no endereço:

http://www.stranieriinitalia.it/news/moduli22lug2010.pdf