Ingressos plurianuais de trabalhadores temporários podem ser confirmados

permissões de estadia

alt

Empregadores dos setores da agricultura e do turismo podem trazer à Itália os trabalhadores “veteranos” sem passar pelo decreto fluxos. Basta preencher o formulário online

Uma das novidades mais importantes dos últimos anos refere-se aos trabalhadores temporários estrangeiros para os setores da agricultura ou do turismo (sobretudo estruturas de hotelaria) e para os quais foram abertas a possibilidade de pedir autorizações trienais para ingresso na Itália.

O primeiro pedido deve ser apresentado pela empresa quando sai o decreto fluxos. Uma vez obtida a autorização, os empregadores podem, nos dois sucessivos, trazer os trabalhadores em qualquer momento apresentando um simples comunicado, sem a necessidade de esperar por novas cotas. Trata-se de um procedimento veloz e com menos burocracia que permite o ingresso da mão-de-obra no momento certo.

Desde o dia 3 de janeiro, os empregadores podem apresentar a comunicação para confirmar a contratação também em 2013 de um trabalhador temporário para o qual já foi concedido a autorização plurianual. E a partir deste ano a comunicação pode ser enviada também por um empregador diferente do originário.

O procedimento deve ser feito totalmente pela internet. Acessando o site nullaostalavoro.interno.it, empregadores devem preencher, sozinhos ou com ajuda de associações de categoria,  um dos quatro formulários disponíveis:

“Moduli CSP”(CSP)  (1° ano):  Para confirmar a contratação do trabalhador temporário para o qual já foi obtido, mediante o decreto fluxos para temporários 2012, um “nulla osta” plurianual.

“Moduli CSP”(2° ano): Para confirmar a contratação do trabalhador temporário para o qual já foi obtido, mediante o decreto fluxos para temporários 2011, um “nulla osta” plurianual e tenha sido confirmada a contração do mesmo trabalhador no  ano 2012 (CSP 1° ano).

“Moduli CSP Altro Datore”(CSP-AD) (1° ano): Para confirmar, por parte de outro empregador, a contratação do trabalhador temporário para o qual já foi obtido, mediante o decreto fluxos para temporários 2012, um “nulla osta” plurianual.

“Moduli CSPP Altro Datore”(CSP-AD) (2°ano): Para confirmar, por parte de outro empregador, a contratação do trabalhador temporário para o qual já foi obtido, mediante o decreto fluxos para temporários 2011, um “nulla osta” plurianual e tenha sido confirmada a contratação do mesmo trabalhador no ano 2012 (CSP 1°).

A comunicação também será enviada pela internet ao consulado italiano no país em que vive o trabalhador, que poderá pedir o visto de ingresso assim que ver indicado, no site domanda.nullaostalavoro.interno.it, ao seu pedido “NULLA OSTA INVIATO ALL’AUTORITÀ CONSOLARE” . Para ter acesso ao site é preciso utilizar o nome do usuário e o passaword, usados anteriormente pelo empregador para a comunicação.

Em todo caso, convém enviar também ao trabalhador uma cópia do “nulla osta” plurianual” emitido pelo “Sportello Unico” para a Imigração. Um vez obtido o visto, o trabalhador temporário poderá entrar na Itália, onde poderá começar a trabalhar após assinatura do contrato e encaminhamento do “permesso di soggiorno”.

E.P.